Todas as unidades operacionais do CBMSE começaram a receber um reforço nos materiais usados na prevenção contra o vírus

Com o avanço do número de casos de coronavírus, muitos órgãos públicos e empresas privadas dispensaram seus funcionários para que trabalhem em suas próprias casas. Mas nem tudo pode parar. Os bombeiros militares e outros profissionais de segurança pública continuam com o serviço operacional, disponíveis para proteger e salvar vidas 24 horas por dia. Os resgates, salvamentos e combates a incêndio seguem em frente, assim como as ações de enfrentamento ao vírus.

Para fomentar medidas de prevenção dessa tropa que atua no atendimento de ocorrências, evitando possíveis contaminações, o Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) tem tomado uma série de medidas. Além de criar um Plano de Contingência para o Covid-19 e orientar os militares quanto à importância de higienizar as mãos e viaturas, a corporação tem distribuído, por meio da Diretoria Operacional, novos materiais de profilaxia e proteção individual e coletiva.

Desde o último sábado (3), todas as unidades operacionais do CBMSE, em Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, Estância, Lagarto, Itabaiana e Propriá, começaram a receber um reforço na reserva de materiais usados na prevenção contra o coronavírus. A principal novidade foi a aquisição de 500 vestimentas tipo macacão, resistentes à penetração de líquidos e barreiras a partículas finas, disponíveis principalmente para as equipes de atendimento pré-hospitalar, conforme orientações publicadas em boletim geral ostensivo.

“Esta roupa é fabricada em microgard e possui elástico nos punhos e pernas, além de capuz e ajuste na área da face. Ela é ideal para proteger o ambiente ou o usuário de contaminantes. Também estão sendo distribuídos nos quartéis do Corpo de Bombeiros 310 óculos de proteção, 11 caixas de touca cirúrgica descartável, 290 máscaras semifaciais N95 antiviral com válvula e 85 máscaras semifaciais em tecido, além de álcool a 70%, papel toalha e luvas de procedimento”, explica o diretor operacional, tenente-coronel BM Fábio Cardoso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here